Análise do líquido amniótico

Compartilhe esta página
Imprimir este artigo
Esta página foi útil?

De relance

Por que fazer este exame?

Para detectar e diagnosticar determinados defeitos congênitos, doenças genéticas e anomalias cromossômicas em fetos, principalmente se os testes de triagem gestacional forem anormais; para avaliar a maturidade pulmonar fetal, para diagnóstico e monitoração de doença hemolítica em fetos.

Quando fazer este exame?

Entre 15 a 20 semanas de gestação para os testes para doenças genéticas, anomalias cromossômicas e defeitos do tubo neural; quando houver um aumento do risco de parto prematuro, após 32 semanas para avaliar a maturidade pulmonar fetal; quando houver suspeita de doença hemolítica no feto, aproximadamente a cada 14 dias.

Amostra:

Uma amostra de líquido amniótico obtida por amniocentese.

É necessária alguma preparação?

A paciente pode ser instruída a encher ou a esvaziar a bexiga antes da amniocentese.