Dímero D

Compartilhe esta página
Imprimir este artigo
Esta página foi útil?
Também chamado: Fragmento dímero D; Fragmento de degradação da fibrina
Nome formal: Dímero D
Exames relacionados: Produtos da degradação da fibrina (PDF); Produtos da quebra da fibrina (PQF); Tempo de protrombina (TP); Tempo de tromboplastina parcial (TTP); Fibrinogênio; Contagem de plaquetas

De relance

Por que fazer este exame?

Como auxiliar no diagnóstico ou para afastar a hipótese de doenças ou quadros trombóticos (produção de coágulo no sangue).

Quando fazer este exame?

Em pacientes com sintomas de doenças ou quadros que causem formação aguda e/ou crônica inapropriada de coágulo no sangue, como: TVP (Trombose Venosa Profunda), EP (Embolia Pulmonar) ou CID (Coagulação Intravascular Disseminada) e para monitorar a evolução e o tratamento de pacientes com CID e outros quadros trombóticos.

Amostra:

Uma amostra de sangue retirada de veia do braço ou, algumas vezes, uma gota de sangue obtida na ponta do dedo da mão.

A amostra

O que está sendo pesquisado?

Quando há lesão de veia ou de artéria e começa a ocorrer extravasamento de sangue, ativa-se uma sequência de etapas e fatores de coagulação (denominada cascata da coagulação) para limitar o sangramento e criar um coágulo para tampar o orifício. Durante esse processo, são produzidos filamentos de proteína cujo conjunto é denominado fibrina. Esses filamentos são ligados (colados) para formar uma rede de fibrina que aprisiona as plaquetas e ajuda a manter o coágulo sanguíneo em formação no local da lesão.

Uma vez que tenha havido tempo para cicatrizar, o organismo usa uma proteína denominada plasmina para quebrar o coágulo (trombo) em pequenos pedaços para que possam ser removidos. Os fragmentos da fibrina em desintegração são chamados produtos da degradação de fibrina (PDF). Um dos PDF produzidos é o dímero D, formado por pedaços de fibrina ligados de diversos tamanhos. O dímero D normalmente é indetectável no sangue e é produzido apenas quando há formação de coágulo e ele se encontra em processo de quebra. A dosagem do dímero D revela ao médico que algo aumentou os mecanismos de coagulação para um valor acima do normal.

Como a amostra é obtida para o exame?

Normalmente, coleta-se amostra de sangue de veia do braço. Como alternativa, particularmente em pediatria, obtém-se uma gota de sangue da ponta de dedo da mão.

NOTA: Se exames médicos em você ou em alguém importante para você o deixam ansioso ou constrangido, ou se você tem dificuldade de lidar com eles, leia um ou mais dos seguintes artigos: Lidando com dor, desconforto ou ansiedade durante o exame, Conselhos sobre exames de sangue, Conselhos para ajudar crianças durante exames médicos, and Conselhos para ajudar idosos durante exames médicos.

Outro artigo, Siga essa amostra, fornece uma visão da coleta e do processamento de uma amostra de sangue e de uma amostra de cultura da garganta.

O exame

Perguntas frequentes

Pergunte ao laboratório

* indica um campo necessário



Por favor, indique se você é:   
  
  



Você deve fornecer um endereço de e-mail válido para receber uma resposta.



| |

Fontes do artigo

« Voltar para páginas relacionadas

NOTA: Este artigo se baseia em pesquisas que incluíram as fontes citadas e a experiência coletiva de Lab Tests Online Conselho de Revisão Editorial. Este artigo é submetido a revisões periódicas do Conselho Editorial, e pode ser atualizado como resultado dessas revisões. Novas fontes citadas serão adicionadas à lista e distinguidas das fontes originais usadas.

S1
Thomas, Clayton L., Editor (1997). Taber’s Cyclopedic Medical Dictionary. F.A. Davis Company, Philadelphia, PA [18th Edition].

S2
Pagana, Kathleen D. & Pagana, Timothy J. (2001). Mosby’s Diagnostic and Laboratory Test Reference 5th Edition: Mosby, Inc., Saint Louis, MO.

S3
Disseminated Intravascular Coagulation Panel. AACC View Q&A [On-line information]. Available FTP: http://www.aacc.org/access/outcomes/18_disseminated_intravascular.stm

S4
(2003 January). In Search of a Killer - Does D-dimer Help? American College of Emergency Physicians [On-line information]. Available FTP: http://www.acep.org/1,32394,0.html

S5
(2001 July 17). Improving the Diagnosis of Pulmonary Embolism in the Emergency Department. Annals of Internal Medicine v135 (2) [On-line Journal]. Available FTP: http://www.annals.org/issues/v135n2/nts/200107170-00005.html

S6
Strandness Jr., DE. Are Physical Findings Totally Useless In DVT/PE? Vascular Web, University of Washington School of Medicine [On-line information]. Available FTP: http://www.vascularweb.org/doc/54

S7
Tan, J. (2000 December). Clinical Applications of the D-Dimer Assay in Deep Venous Thrombosis. San Bernardino County Medical Society Bulletin [On-line newsletter]. Available FTP: http://www.sbcms.org/southcalphysician/2000/nov-dec/art5.htm

S8
Prazeres, G. Deep Vein Thrombosis - Part II. Internal Medicine MedStudents [On-line information]. Available FTP: http://www.medstudents.com.br/medint/medint5.htm

S9
D-Dimer: Lifting the Veil of Confusion. Diagnostics today Online, Beckman Coulter[On-line information]. Available online

S10
Began, T. (2002 October). Elisa D-Dimer: How Accurate For PE Diagnosis? PulmonaryReviews.com, vol 7 (10) [On-line information]. Available FTP: http://www.pulmonaryreviews.com/oct02/pr_oct02_ELISA.html

S11
Cortese Hassett, A. (2000 February). D-dimer Testing and Acute Venous Thromboembolism. Transfusion Medicine Update, The Institute for Transfusion Medicine [On-line information]. Available FTP: http://www.itxm.org/TMU2000/tmu2-2000.htm

S12
Titus, K. (2003 January). Identity crisis persists—which D-dimer? CAP Today, In the News [On-line Journal. Available FTP: http://www.cap.org/captoday/archive/2003/0103/DdimerCover.html

S13
Cruickshank, M. (2001 January). Practical Treatment Guidelines, Suspected DVT. The Thrombosis Interest Group of Canada [On-line information]. Available FTP: http://www.tigc.org/eguidelines/suspdvt.htm

S14
Abumuhor, I. and Hope Kearns, E.(2002 April 26). Thrombotic Thrombocytopenic Purpura, Differential Diagnosis. The Virtual Health Care Team [On-line information]. Available FTP: http://www.vhct.org/case2300/diagnosis.shtml

S15
Venous Thromboembolism (VTE), Qualitative (Time Sensitive). ARUP's Guide to Clinical Laboratory Testing (CLT) [On-line information]. Available FTP: http://www.aruplab.com/guides/clt/tests/clt_250b.htm

S16
Yen, S. (2001 March 27). D-Dimer For The Diagnosis Of Deep Vein Thrombosis. Internal Medicine Evidence Based Medicine Newsletter, Edition 8 [On-line Newsletter]. Available FTP: http://www.wshmc.org/wshcresidency/EBMNL/EBMNL032701.htm