Também conhecido como
VLDL-C
Nome formal
Colesterol lipoproteína de densidade muito baixa
Este artigo foi revisto pela última vez em
Este artigo foi modificado pela última vez em
22 de Maio de 2018.
De relance
Por que fazer este exame?

Para auxiliar na avaliação do risco de doença cardíaca.

Quando fazer este exame?

Quando estiverem sendo realizados outros testes, como perfil lipídico.

Amostra:

Amostra de sangue de veia do braço ou gota de sangue da ponta do dedo.

É necessária alguma preparação?

É necessário jejum de 12 horas.

What is being tested?

A lipoproteína de densidade muito baixa (VLDL) é uma das quatro principais partículas de lipoproteínas. As outras três são lipoproteína de alta densidade (HDL), lipoproteína de baixa densidade (LDL) e quilomícrons. Cada partícula contém uma mistura de colesterol, triglicérides e proteína, mas em quantidades diferentes específicas a cada tipo de partícula. A LDL contém a maior quantidade de colesterol. A HDL, a maior quantidade de proteína. A VLDL e os quilomícrons contêm a maior quantidade de triglicérides.

As partículas de VLDL são liberadas no sangue pelo fígado e circulam na corrente sanguínea até finalmente serem convertidas em LDL, ao perderem triglicérides, sendo transportadas a outras partes do organismo. De acordo com as diretrizes do programa nacional de educação sobre colesterol ATP III (National Cholesterol Education Program Guidelines ATP III) do National Heart, Lung and Blood Institute, dos Estados Unidos, há evidências crescentes que a VLDL tem papel importante na aterogênese, mecanismo por meio do qual formam-se placas no interior das paredes arteriais, estreitando a passagem e restringindo o fluxo sanguíneo – o que leva à doença cardíaca.

Até o momento, não há meio direto e simples de dosar o colesterol VLDL. Entretanto, como ele contém a maior parte dos triglicérides circulantes — se o indivíduo estiver em jejum — e como a composição das diferentes partículas é relativamente constante, é possível estimar a quantidade de VLDL dividindo-se o valor medido dos triglicérídes por um fator determinado. Se o valor dos triglicérídes estiver expresso em mg/dL, a divisão deve ser por 5. Se estiver em mmol/L, a divisão deve ser por 2,2. Essa estimativa é usada na maioria dos locais. O cálculo, entretanto, não é válido quando os triglicérídes estiverem acima de 400 mg/dL (4,5 mmol/L) porque geralmente estão presentes outras lipoproteínas. Os triglicérídes são dosados rotineiramente apenas com paciente em jejum. Caso contrário, os cálculos são inválidos.

Como a amostra é obtida para o exame?

Uma amostra de sangue é obtida de veia do braço. Algumas vezes, coleta-se uma gota de sangue após punção na ponta do dedo da mão.

NOTA: Se exames médicos em você ou em alguém importante para você o deixam ansioso ou constrangido, ou se você tem dificuldade de lidar com eles, leia um ou mais dos seguintes artigos: Lidando com dor, desconforto ou ansiedade durante o exame, Conselhos sobre exames de sangue, Conselhos para ajudar crianças durante exames médicos, e Conselhos para ajudar idosos durante exames médicos.

Outro artigo, Siga essa amostra, fornece uma visão da coleta e do processamento de uma amostra de sangue e de uma amostra de cultura da garganta.

É necessário algum preparo para garantir a qualidade da amostra?

Como o VLDL geralmente é calculado a partir da dosagem dos triglicérides, o preparo é o mesmo necessário para o teste de triglicérídes: jejum por 9 a 12 horas antes da coleta (apenas água é permitida) e abstinência de álcool nas 24 horas anteriores ao teste.

Accordion Title
Perguntas frequentes
  • Quando o exame é pedido?

    O VLDL geralmente não é solicitado como teste específico. Seu valor pode ser relatado junto com o perfil lipídico, solicitado quando o médico deseja determinar o risco de doença cardíaca de um paciente.

  • Como o exame é usado?

    A dosagem da lipoproteína de muito baixa densidade (VLDL) pode ser descrita como parte do perfil lipídico, um grupo de testes solicitados com frequência para determinar o risco de doença coronariana e como parte importante da avaliação do risco cardíaco.

    Acredita-se que níveis aumentados de VLDL reflitam a presença de partículas denominadas remanescentes de lipoproteínas que são intermediárias na via de conversão de VLDL a LDL. Quando há níveis elevados de LDL presentes, a conversão de VLDL a LDL é retardada e o acúmulo de partículas intermediárias parece contribuir para o desenvolvimento de aterosclerose e de doença arterial coronariana.

  • O que significa o resultado do exame?

    Níveis aumentados de colesterol VLDL (>30 mg/dL ou >0,77 mmol/L), assim como níveis elevados de colesterol LDL, são considerados fatores de risco para doença cardíaca e derrame. O aumento na VLDL, além do aumento da  LDL, pode influenciar na escolha do tratamento para reduzir o colesterol.

    Como o aumento dos triglicérídes e do colesterol VLDL estão frequentemente associados a quadros clínicos como diabetes, alcoolismo, sobrepeso e obesidade, é possível reduzi-los com alterações no estilo de vida e com o uso de medicamentos para reduzir os triglicérídes e o colesterol.

    Níveis baixos de colesterol LDL em geral não são preocupantes.

  • Há mais alguma coisa que eu devo saber?

    A concentração de VLDL, assim como das demais frações lipoproteicas, pode ser medida com técnicas como eletroforese de lipoproteínas e ultracentrifugação. Entretanto, essas técnicas são complexas e de alto custo e normalmente não são usadas em laboratórios de patologia clínica. Esses testes são realizados em laboratórios específicos, na maioria das vezes com objetivos de pesquisa.

  • Como é possível baixar os níveis de VLDL?

    Considerando a relação entre VLDL e triglicérídes, é possível reduzir o colesterol VLDL tomando medidas para reduzir os triglicérides. Estas incluem alterações no estilo de vida favoráveis à saúde, como redução de peso em excesso e prática regular de exercícios físicos. Também sugere-se evitar alimentos contendo açúcar e bebidas alcoólicas já que eles têm grande influência nos níveis de triglicérídes. Também podem ser usados medicamentos redutores do colesterol. Converse com o médico sobre a melhor opção para o seu caso.

Páginas relacionadas
Fontes do artigo

Fontes usadas na revisão atual

MayoClinic.com. VLDL cholesterol: Is it harmful? Available online at http://www.mayoclinic.com/health/vldl-cholesterol/AN01335 through http://www.mayoclinic.org/. Accessed September 2013.

MedlinePlus Medical Encyclopedia. VLDL test. Available online at http://www.nlm.nih.gov/medlineplus/ency/article/003494.htm. Accessed September 2013.

Fontes usadas nas revisões anteriores

MedlinePlus Medical Encyclopedia: VLDL Test. Available online at http://www.nlm.nih.gov/medlineplus/ency/article/003494.htm. Accessed May 2010.

National Heart, Lung and Blood Institute. National Cholesterol Education Program Guidelines, Cholesterol, ATP III. Pp 31-34. PDF available for download at http://www.nhlbi.nih.gov/guidelines/cholesterol/atp3full.pdf through http://www.nhlbi.nih.gov. Accessed May 2010.

OhioHealthOnline. VLDL cholesterol: What is it? Available online at http://www.ohiohealth.com/bodymayo.cfm?xyzpdqabc=0&id=6&action=detail&ref=2755 through http://www.ohiohealth.com. Accessed May 2010.